História da Moto Guzzi

Mandello Del Lario, Italia

 Desde 1921

 Fundada por:  Carlo Guzzi - Giovanni Ravelli - Giorgio Parodi -  - 

A Moto Guzzi é a mais antiga marca de motocicletas da Europa em produção contínua. Foi fundada em 1921 como Società Anonima Moto Guzzi e marcou a indústria motociclística com a primeira motocicleta com cavalete central, a primeira fabricante de motocicletas a testar em túnel de vento e a primeira a equipar uma moto com motor de oito cilindros.

A marca foi fundada por dois pilotos de avião da Primeira Guerra Mundial, Carlo Guzzi e Giovanni Ravelli e seu mecânico Giorgio Parodi. Os três amigos vislumbraram criar uma companhia para fabricar motocicletas e Guzzi ficaria encarregado da engenharia, Parodi (um filho de construtor naval) financiria o projeto e Ravelli (um exímio piloto) divulgaria as motos em suas corridas.

Ironicamente, Ravelli morreu um dia após o término da guerra num acidente de avião e é homenageado nas asas que formam a logomarca da Moto Guzzi. A formação da companhia aconteceu após o empréstimo de 2.000 liras concedido pelo pai de Parodi. As primeiras motos eram chamadas de GP (Guzzi-Parodi) mas rapidamente se tornaram Moto Guzzi.

Inicialmente, Carlo Guzzi recebia royalties por cada moto vendida na companhia que levava seu nome, mas foi só em 1946 que ele a incorporou como Moto Guzzi S.p.A. com Giorgio Parodi como presidente. O primeiro motor criado por Guzzi foi um monocilíndrico horizontal que dominou a arquitetura de motores da companhia pelos próximos 45 anos. A partir de 1934, cada motor era assinado pelo mecânico que o montava e como originalmente planejado, a divulgação da marca era através das corridas. Em 1935, o piloto da fábrica, Stanley Woods obteve uma dupla vitória vencendo o Lightweight TT e o Senior TT. Nos anos 50, junto com a Gilera e a Mondial, a Moto Guzzi dominou o Grand Prix de Motocicletas de Corrida. Com as duráveis e leves motos 250cc e 350cc projetadas por Giulio Carcano, a companhia dominou a classe de peso intermediária.

Com o fim da Segunda Guerra, a Moto Guzzi, assim como toda a Europa se viu numa situação difícil e logo percebeu que a saída era construir pequenas motos de baixo custo, como a Motoleggera de 65cc que se tornou muito popular na Itália do pós-guerra.

Em 1964, a companhia enfrentou uma crise financeira. Emanuele Parodi e seu filho Giorgio haviam morrido e Carlo Guzzi se retirado para uma vida privada.

De 1967 a 1973 a companhia ficou sob controle da Società Esercizio Industrie Moto Meccaniche. Foi nesta época que a companhia desenvolveu o motor bicilíndrico em V a 90º projetado por Giulio Cesare Cercano, que se tornou um ícone das Moto Guzzi. O motor foi instalado com o virabrequim longitudinal de modo que os cilindros ficassem na transversal, com os cabeçotes saindo pelas laterais da moto.

Em 1973 a De Tomaso comprou a SEIMM, a Benelli e a Maserati, quando a companhia voltou a passar por problemas financeiros, já que De Tomaso preferia financiar os projetos de automóveis em detrimento das motocicletas. Mesmo assim neste período foram lançadas as 800 Le Mans, V35, V50, V65, V75 e introduzindo novas tecnologias como a suspensão frontal com garfo por cartucho e um sistema hidráulico de freios combinados.

Em 2000, a Aprilia S.p.A comprou a Moto Guzzi por 65 milhões de dólares. A plano era compartilhar tecnologias e capacidade de fabricação. Mas a própria Aprilia se encontrava em dificuldade financeira e o acordo entre as duas marcas não duraria muito tempo. A companhia recebeu ofertas de compra da Ducati, Rotax e Kymco.

Em dezembro de 2004, a Piaggio & C. S.p.A adquiriu a Aprilia. A Moto Guzzi oficialmente se tornou propriedade da Piaggio como única acionista e rápidamente passou a introduzir novos modelos competitivos no mercado, como a Breva, Norge, Bellagio e Stelvio.

Principais Motos Moto Guzzi

               

EXTRAS

BANCO DE DADOS

338

Fichas técnicas cadastradas no Motorium

RANKINGS

Yamaha RX 180 Custom 

A mais buscada no Motorium com 4552 visualizações!

ARTIGOS

Motos turbo de fábrica

MERCADO

Tabela de preços de motos 0km comercializadas no Brasil!

SOCIAL

Facebook Icon