História da Royal Enfield

Chennai, India

 Desde 1955

 Fundada por:  Albert Eadie - Robert Walker Smith -  -  - 

Em 1893 a Enfield Manufactoring Company Ltd, foi registrada como fabricante de bicicletas. Em 1899 a Enfield produzia quadriciclos com motores De Dion e experimentalmente uma bicicleta pesada equipada com motor Minerva. Em 1912 a Royel Enfield Model 180 sidecar foi introduzida com motor JAP V2 de 770cc que obteve sucesso nas corridas de TT Isle of Man e Brooklands.

Em 1911, a Enfield incluiu a palavra Royal ao seu nome. Eles supriram o Exército Real Britânico com uma grande quantidade de motocicletas e também ganhou um contrato com o Governo Imperial da Rússia. Eles forneciam seu próprio motor de 225 cc a dois tempos monocilíndrico e um V2 de 425 cc. Também produziu uma motocicleta com sidecar de 8 hp equipada com uma metralhadora Vickers.

Em 1921, desenvolve um novo motor bicilíndrica de 976cc e em 1924 lança sua primeira moto a quatro tempos utilizando um motor JAP. Em 1928 é uma das primeiras companhias a que começam a usar tanques em formato de bulbo e suspensão dianteira com garfo de mola centralizada. Entretanto, durante a Grande Depressão, a companhia tem perdas financeiras e em 1931 Albert Eddie falece e seu sócio, R.W. Smith logo em seguida, dois anos depois.

Durante a Segunda Guerra mundial, a Enfield Cycle Co. produziu as WD/C 350cc de válvulas laterais, WD/CO 350cc OHV, WD/D 250cc SV, WD/G 350cc OHV e a WD/L 570cc SV. Uma das mais conhecidas Enfileds foi a Royal Enfield WD/RE, conhecida como o "Percevejo Voadora", uma moto leve de 125cc projetada para ser lançada de pára-quedas com as tropas aéreas. Com a missão de estabelecer uma linha de produção longe das vulneráveis Midlands, uma fábrica subterrânea foi construída em 1942 em Westwood, Waltshire.

Com o fim da guerra, a Royale Enfield lançou o modelo G monocilíndrico OHV de 350cc e o modelo J de 500cc com quadro rígido e garfos telescópicos para suprir o mercado carente de transporte.
Em 1948 iniciou o desenvolvimento de uma novo formato para a mola de suspensão traseira inicialmente equipando modelos de competição e logo equipava a estradeira Bullet 350, uma monocilíndrica OHV, que foi um sucesso de vendas por oferecer um rodar suave. Uma versão 500cc apareceu logo depois.

Em 1949 a Royal Enfield apresentou sua versão dos agora populares motores bicilíndricos, com 500cc Meteor, 700cc Super Meteor e 700cc Constellation. A Constellation 700 foi descrita como a primeira superbike.

No fim dos anos 1950, a Royal Enfield investiu nas 250cc como a GP (esportiva), a Moto-X (uma scrambler) e a Crusader com motor OHV acionado por varetas.
Em 1965 lançou uma variante chamada Continental GT com tanque esportivo vermelho, 5 marchas, guidões rebaixados, escapamento escovado e banco monoposto.

Entre 1955 e 1959 Royal Enfields foram pintadas de vermelho e vendidas nos Estados unidos como Indians Brockhouse Co. Mas os americanos não ficaram impressionados com a engenharia e o acordo comercial terminou em 1960 e em 1961 a Royal Enfield passou a comercializar seus produtos nos Estados unidos sob seus próprio nomes. A maior Enfield "Indian" foi a bicilíndrica Chief 700.

As Royal Enfield são vendidas na Índia desde 1949. Em 1955, o governo indiano procurava uma motocicleta adequada para a polícia e o exército patrulharem suas fronteiras. A Bullet foi escolhida como a mais adequada para o trabalho. O governo indiano encomendou 800 unidades da Bullet 350. Neste mesmo ano, a companhia de Redditch fez uma parceria com a Madras Motors formando a Enfield India para montar, sob licença, a Royal Enfield Bullet 350 em Madras (hoje Chennai). Em 1957 o maquinário de ferramentaria foi vendido para a Enfield India que pode fabricar os componentes.
Hoje a Royal Enfield fabrica e vende no mercado indiano e exporta para Europa, América, África do Sul e Austrália. Atualmente, a Royal Enfield vem sofrendo algumas mudanças como a troca dos carburadores dos motores com bloco de ferro para motores com injeção eletrônica em seus modelos de 500cc.

A companhia original sediada em Redditch continuou suas operações com trabalhos de engenharia e usinagem de alta precisão até 1971, quando fechou definitivamente. Hoje as motos Royal Enfield são fabricadas de acordo com o padrão de qualidade originais pela Royal Enfield India.

Principais Motos Royal Enfield

               

EXTRAS

BANCO DE DADOS

324

Fichas técnicas cadastradas no Motorium

RANKINGS

Suzuki GN 250 Intruder 

A mais buscada no Motorium com 4390 visualizações!

ARTIGOS

Cronologia da CB 400 e CB 450

HISTÓRIA

A trajetória dos principais fabricantes de motocicletas do mundo!

SOCIAL

Facebook Icon